Moda sem gênero abre espaço no mercado

A moda sem gênero vem crescendo no mercado.

A moda sem gênero trata de roupas e acessórios que não são nem para homens e nem para mulheres.

Não estamos falando de uma cor ou um corte, mas sim de uma peça vestir bem em ambos sexos. O corte de cada look deve ser planejado para ambos, isso quer dizer moda sem gênero.

Moda sem Gênero
Jaden Smith

Jaden Smith, o menino da foto, aparece constantemente na mídia por escolher roupas produzidas como de mulheres, como vestidos e saias. Ele não para por aí, o mundo da moda está de olho nele. Tem chamado muita atenção das grande marcas, como Louis Vuitton, que convidou ele para estrelar a campanha de verão em 2016.

O pai, Will Smith, deu uma entrevista para a BBC dizendo que:

“Você sabe, existe uma qualidade interior realmente forte num ator que encorajamos enquanto pais. Você tem que sair da risca, tem que tentar coisas, tem que estar confortável fazendo coisas que as pessoas não concordam e você tem que estar confortável enquanto faz coisas em que pode falhar. E Jaden não tem medo de nada, ele é capaz de fazer qualquer coisa, sabe? Então ver isso como pai é assustador, aterrorizante mesmo, mas ele está completamente disposto a viver e morrer por suas próprias decisões artísticas, sem se preocupar com o que as pessoas pensam.”

Ao aparecer vestindo roupas femininas na campanha da Louis Vuitton em 2016, com as modelos Jean Campbell, Sarah Brannon e Rianne Van Rompaey, Jaden e sua imagem de “novos tempos”. Seguido por quase 5 milhões de pessoas no Instagram, ganharam força e o colocaram na ponta desse movimento. “Smith representa uma geração que assimilou os códigos da liberdade, livres de manifestos e questões sobre gêneros. Usar uma saia é tão natural para ele como para uma mulher”, disse Nicolas Ghesquière.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *